Ambição

Todo poeta ambiciona 
fazer um poema diferente
para assinalar sua originalidade
e marcar sua passagem.

Todo poeta quer fazer o seu Tabacaria

Apenas
quero fazer um poema útil
       como a grama do parque
       uma carta de direitos
       o perfume do mar
       o prozac para os deprimidos
       o amor para os solitários.

Um poema que encha vazios
       eleve  esperanças
       altere o firmamento
       desperte pensamentos
       transforme o homem.

Um poema humilde e ambicioso.

De: Lourival serejo

  • Compartilhar:


Lourival Serejo

O escritor Lourival de Jesus Serejo Sousa nasceu na cidade de Viana, Maranhão. Filho de Nozor Lauro Lopes de Sousa e Isabel Serejo Sousa. Formou-se em Direito, em 1976, especializando-se em Direito Público, pela Faculdade de Direito do Ceará, em 198
Saiba mais

Contatos

  • email
    contato@lourivalserejo.com.br

Endereço

Desembargador Lourival Serejo