Últimas Postagens

TRINTA ANOS DA CONSTITUIÇÃO DE 1988

Neste ano de 2018 comemora-se trinta anos de vigência da Constituição da República, promulgada em 5 de outubro de 1988. Depois de um longo período de ditadura, sob uma Constituição outorgada pelo governo militar, sobreveio a...Saiba mais

  • Compartilhar:

Parricídio: o inimigo dentro de casa

Assim que me formei e recebi a carteira de advogado fui para Viana à espera de clientes. Estava com a cabeça cheia de teorias e ainda cultivava minha paixão pelo Direito Penal por influência das aulas do professor Alberto Tavares. Lá um dia apareceu-me uma causa...Saiba mais

  • Compartilhar:

A revolução russa, cem anos depois

Nas comemorações dos 70 anos da Revolução Russa, Gorbachev, em seu discurso oficial, indagou: "Como estará o mundo em 2017, quando comemoraremos o centenário da Revolução de Outubro?" Gorbachev ainda está vivo, mas a...Saiba mais

  • Compartilhar:

Setembro amarelo

Escolheram o amarelo dos ipês floridos e a minha cor preferida para servir de símbolo da campanha de alerta contra o suicídio. O amarelo é a cor que ilumina e estimula o desejo de viver. Já disse, em crônica sobre o Natal, que todo aquele que se atira a...Saiba mais

  • Compartilhar:

A agonia dos correios

Este é o exemplo mais real de que os transtornos políticos, mais cedo ou mais tarde, afetam cada cidadão. Pior ainda quando esses transtornos vêm atrelados à corrupção, causando prejuízos em todos os sentidos (lembram-se da denúncia de...Saiba mais

  • Compartilhar:

O carnaval das emendas constitucionais

A maior conquista em matéria de direitos individuais foi a ideia de um documento jurídico e político que consolidasse essas garantias contra os excessos do poder público. Desde 1.215, quando saiu a Carta Magna de João Sem Terra, os povos civilizados passaram a...Saiba mais

  • Compartilhar:

O infeliz caso do Capitão Schettino

Ainda está viva na nossa mente a imagem do navio cruzeiro Costa Concordia, que afundou nas proximidades da ilha de Giglio, na Itália, na noite de 13 de janeiro de 2012, com 4.229 pessoas a bordo. Naquela tragédia, morreram 32 pessoas. A causa do acidente foi uma manobra...Saiba mais

  • Compartilhar:

O triste fim dos filatelistas e das bibliotecas privadas

Ele passou a vida inteira colecionando selos, gastando dinheiro com a compra de cartelas inteiras de selos novos. Sua coleção de selos nacionais e estrangeiros  era perfeita, sob todas as exigências técnicas. Os álbuns foram-se multiplicando até chegar...Saiba mais

  • Compartilhar:

A epidemia da pós-verdade

De vez em quando, surge uma palavra nova para expressar um fenômeno novo. Torna-se, então, a palavra da moda. Agora é a vez de a "pós-verdade". Aliás, o ano de 2016 foi eleito o ano da pós-verdade. Se, para nós, essa palavra é...Saiba mais

  • Compartilhar:

Ainda a crônica maranhense

Como não apareceu um voluntário para suprir as omissões e reparar os equívocos da minha publicação anterior, sobre a crônica maranhense, apresso-me em fazê-lo, antes que receba uma carta anônima, conforme recebi, um tempo atrás,...Saiba mais

  • Compartilhar:

Colômbia e a derrota da paz

A rejeição ao Tratado de Paz com as Forças Armadas Revolucionárias Colombianas – FARC pelo povo colombiano, em plebiscito realizado no dia 2 de outubro, deixou o mundo surpreso e até indignado. Lamentável, ainda, foi constatar-se o percentual de...Saiba mais

  • Compartilhar:

Tragédias americanas: O caso da boate pulse

Embora com atraso, trago esta contribuição ao debate em torno desse lamentável caso ocorrido em Orlando, Flórida, no mês de junho, o  qual tirou a vida de 49 pessoas e deixou 53 feridos. Destacarei três vertentes que o fato desafia: a homofobia, a...Saiba mais

  • Compartilhar:

Lourival Serejo

O desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa nasceu na cidade de Viana, Maranhão. Filho de Nozor Lauro Lopes de Sousa e Isabel Serejo Sousa. Formou-se em Direito, em 1976, especializando-se em Direito Público, pela Faculdade de Direito do Ceará,
Saiba mais

Contatos

  • email
    contato@lourivalserejo.com.br

Endereço

Desembargador Lourival Serejo