Julian Assange e a Metatransparência

A imprensa mundial ainda discute e procurar absorver o suculento material que Julian Assange divulgou pelo seu site na internet.  Wikileaks tornou-se, de repente, o símbolo da metatransparência, nesta era da pós-modernidade.

Esse fato, que abalou a diplomacia de todos os países, comporta várias análises sob os mais diversos ângulos, todos convergentes para demonstrar o poder da comunicação nos dias atuais.

A internet tornou-se o espelho que reflete todos os acontecimentos da sociedade globalizada. Inclusive as almas das pessoas já estão sendo expostas sem nenhum pudor.

 

Os documentos de Julian Assange expuseram a face humana da diplomacia, a leitura aberta dos pensamentos ocultos, a verdade por trás da hipocrisia, a realidade por baixo dos cumprimentos oficiais.

Um dos aspectos que mais me chamou a atenção foi o lado humorístico das anotações diplomáticas. Por exemplo, chamar a dupla Wladimir Putin e Dimitri Medvedev de Batman e Robin foi genial.

Fiquei imaginando uma reunião séria com ministros russos, discutindo problemas de segurança interna, o incômodo dos dois sabendo que, pela cabeça dos presentes, estão querendo dizer Batman e Robin.

Os estragos diplomáticos e estratégicos que foram causados pela bomba de Assange são imprevisíveis. Até que ponto a ética da diplomacia não terá que rever sua linguagem secreta na era digital?

Mas fica uma lição bem direta e indiscutível: o poder da comunicação é uma nova onda que desafia o mundo, o que não é nenhuma novidade. Apenas, de vez em quando, a gente se esquece do limite sem limite desse poder.

E por falar em onda, lembrei-me de Alvin Tofler que, em seu livro POWERSCHIFT, já analisou, como futurólogo, os efeitos desse novo poder, desse novo tipo de guerra e de espionagem que Julian Assange demonstrou e despertou os líderes mundiais para conhecerem a sua extensão de seus efeitos. 

Não há dúvida de que estamos vivendo a era da metatransparência.

  • Compartilhar:


Lourival Serejo

O desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa nasceu na cidade de Viana, Maranhão. Filho de Nozor Lauro Lopes de Sousa e Isabel Serejo Sousa. Formou-se em Direito, em 1976, especializando-se em Direito Público, pela Faculdade de Direito do Ceará,
Saiba mais

Contatos

  • email
    contato@lourivalserejo.com.br

Endereço

Desembargador Lourival Serejo